segunda-feira, 11 de outubro de 2010

A esperança de te ter aqui de novo.


Nós passávamos quase o dia todo sentados, contando bobagens, rindo de coisas idiotas... Era quase perfeito te ver ali sempre, com aquela mesma expressão alegre no rosto, aqueles olhos tão lindos e brilhantes que me encantaram desde a primeira vez. Aquele seu sorriso garantia a mim que você, só você, era a única pessoa capaz de me fazer feliz. E cada palavra que você dizia era mágica. Quando você tocava em mim, meu coração acelerava, e dentro do meu peito algo ardia por você.
Então você se aproximou e me beijou. Aquele beijo era mais
ardente que aquilo que havia em meu peito. Era maior, bem maior, e mais profundo. Eu pus minhas mãos em seus cabelos, e guiei-as até os seus braços. Quando o beijo acabou, você sorriu e beijou a minha testa. Eu olhei em seus lindos olhos. Podia ver o amor dentro deles. E então dei um sorriso, um sorriso de felicidade, ou talvez de orgulho. Orgulho por não ter desistido do nosso amor nem por um segundo. De, mesmo pensando que não tinha mais jeito, que você não mudaria, não ter perdido a esperança de te abraçar, te beijar, te falar o quanto eu te amo e do quanto eu preciso de você...
Então nós olhamos para aquele céu estrelado, eu fechei os meus olhos e você me abraçou. Me sentia tão protegida em seus braços. Não sentia frio nem medo nem nada, eu só podia sentir o amor que nos fazia tão felizes.
Onde estiver, saiba que eu sempre estarei aqui, mesmo que o tempo te levar (...) Volta, sinto tanto sua falta, nos meus braços que guardo, teus abraços, só pra te esperar. Vou te esperar!



Thaianny Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário