sábado, 1 de janeiro de 2011


Em cada um de nós dorme um pequeno ser cheio de riso, de alegria, de confiança, um pequeno ser a quem o pseudo-adulto confunde o sério com o triste e não escuta a voz da criancinha que chama aos gritos e diz alguma coisa como: Quando é o recreio?

Nenhum comentário:

Postar um comentário