terça-feira, 1 de março de 2011


Então ela sorria. Como se sorrir fosse em si um objetivo. Tudo isso aconteceria se tivesse a sorte de "ninguém olhar para ela.


Clarice Lispector

Nenhum comentário:

Postar um comentário