segunda-feira, 14 de março de 2011


Escreva a sua história na areia da praia, para que as ondas a levem através dos 7 mares. Até tornar-se lenda na boca de estrelas cadentes. Conte a sua história ao vento, cante aos mares para os muitos marujos, cujos olhos são faróis sujos e sem brilho. Escreva no asfalto com sangue, grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na manhã seguinte pelos garis. Abra o peito em direção aos canhões, suba nos tanques de Pequim, derrube os muros de Berlim, destrua as cátedras de Paris. Defenda a sua palavra, a vida nao vale nada se você não viver uma boa história pra contar.

Pedro Bial

Nenhum comentário:

Postar um comentário