sábado, 22 de outubro de 2011


Estava vendo as fotos do meu computador e encontrei essa aí. Bateu-me uma vontade enorme de chorar. Em 2010 eu tive alguns momentos tristes, muito tristes, mas não como agora. Eu pergunto como posso ter sido tão egoísta comigo mesma. Eu só fiz reclamar. E olha como era: estudava no Marista, numa sala que só tinha brigas, mas que eu amava; Bianca, Bia e Yasmin moravam perto de mim e eu as via praticamente todos os dias; o "grupo" mais próximo era eu, Bianca, Bia, Yasmin, Helena, Bárbara e Ana Clara, e nós juramos amizade eterna... e olha quantas coisas mudaram; às vezes eu me sentia só, e lá no fundo sentia muita dor, mas eu era bem mais forte e não tinha mudado tanto. A viagem... a viagem foi perfeita! Nunca senti coisas tão mágicas como senti nela. Mesmo assim, mesmo com tantas coisas boas, eu reclamava. Pedia para que o ano de 2010 acabasse logo.
Aí chega 2011. O que eu posso dizer, meu Deus? Será que é um castigo por eu ter reclamado tanto? Será que eu sou uma pessoa tão má? Eu me sinto assim. Realmente, estou me sentindo a pior pessoa do mundo. Devo ser muito, muito má para estar passando por isso. Estou sozinha. Com todas as letras e com todos os sentidos: eu estou sozinha.
Não tenho mais o que dizer. Adeus.

Um comentário:

  1. Sigo vários blogs, e por isso visitar todo mundo e comentar principalmente, não é uma tarefa fácil. Mas eu sempre estou de olho em todos, por isso hoje reservei um tempinho pra estar visitando todos os blogs que sigo,desejo um ótimo começo de semana a ti

    Que Deus abençoe!!!

    ResponderExcluir