sábado, 19 de novembro de 2011


A cada dia vamos ganhando novas dores, novas feridas. Algumas grandes, outras pequenas. E infelizmente algumas não se fecham, não vão se curando e sim se acumulando. E tudo que queremos é um jeito de curá-las, mesmo sem saber como. 

(Via Tumblr - leiaasentrelinhas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário