terça-feira, 4 de maio de 2010

La soledad...



Às vezes me dá aquela solidão. Aquela vontade de te ter comigo. E aí lembro de tudo que já vivemos, tudo o que já sentimos um pelo outro. Corrigindo, tudo o que eu senti por você. Olho as estrelas pela janela, escuto uma música que me lembra você. E as recordações chegam até a mim... junto com elas chegam as lágrimas. Que caem quentes sobre a minha face. E meu coração dói, dói muito cada vez que lembro de você. Cada vez que lembro do que você dizia para mim. Do quanto eu te amava e seria capaz de fazer qualquer coisa por você. E, assim, me enfio em um abismo. A escuridão me toma por completa. Deito na cama, encosto a cabeça no travesseiro e durmo... durmo para poder não lembrar de você nem que seja por umas poucas horas. Queria acordar, olhar para os lados e ver você ali, comigo. Mas não é a verdade. A verdade é que estamos mais distantes a cada dia... Eu amo você.


Thaianny Melo

2 comentários:

  1. Eu passo exatamente por isso :/
    parabens, escreve muito bem

    ResponderExcluir
  2. Own, muito obrigada, linda. *-* É mesmo muito triste, mas é a vida... :/

    ResponderExcluir