segunda-feira, 12 de julho de 2010

Eu te amarei...


"de uma forma da qual você desconhece. Amarei seus defeitos, seus erros, seus medos. É muito fácil amar um retrato, uma perfeição, um sorriso, um olhar, um beijo. Mas é complexamente forte amar alguém por um choro, um desentendimento, uma irritação. Raramente se ama alguém dessa forma, é relevante dizer que só pode se amar de tal maneira quando se conhece verdadeiramente tal pessoa. É fácil entender, as aplicações do amor podem ser sensatas ou não, podem ser vindas da paixão, ou não. Quando de certo modo se afeiçoa a alguém por seus defeitos, o relacionamento se torna duradouro e completo. Eu o amo por completo, seja nos sorrisos ou nas lágrimas, eu estarei ali, seja na corrida ou no descanso, eu te acompanharei, e quanto aos nossos defeitos? Que amemos eles mais do que as qualidades, isso garante o eterno."


Nenhum comentário:

Postar um comentário