quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Desabafo V.


Ai, ai... Por que as coisas têm que ser tão difíceis assim? Eu sinto uma coisa tão ruim aqui dentro de mim, que às vezes dá vontade de jogar tudo para o alto, desistir dos sonhos, desistir de tudo e apenas ficar sentada em algum lugar, chorar, chorar e chorar até a agonia ir embora. Tento, juro que tento, pôr na minha cabeça que as dificuldades existem, sim. Poxa, nem tudo é cor-de-rosa, não é? Falar é fácil. Muito fácil... Eu queria tanto saber fazer as minhas coisas, tomar as minhas decisões sem ter medo. Muito, muito mesmo. Eu sou uma pessoa bastante insegura. Nas provas (que, por sinal, estou fazendo esses dias) eu quase morro. Além disso, a minha auto-estima é abaixo de 0. Eu me olho no espelho e tenho vontade de quebrá-lo. Aliás, essa semana, não estou me olhando no espelho direito. Dá agonia, muita agonia. Eu sou a coisa mais horrorosa da face da Terra. Argh! Dá raiva! Eu não ligo, juro que não ligo para superficialidade, mas é inevitável!
Poxa, eu queria uma pessoa para me entender. Queria que em algum lugar desse mundo, existisse uma pessoa legal, que prestasse. É incrível. Será que não há ninguém que goste de mim de verdade? Eu sei que sou feia, gorda, chata, idiota, inútil, burra entre tantas outras coisas, mas dizem que toda panela tem sua tampa.
É, eu acho que sou a frigideira da história.
Voltando, queria que existisse alguma pessoa que olhasse em meus olhos e falasse um "Eu te amo". Nunca ouvi um desses de verdade. Apenas de família e amigos. Estes sim me amam. E tento pensar que eles é que importam. Mas simplesmente queria ter alguém, poxa. Queria principalmente ser feliz com esse alguém. Contudo, eu já me machuquei tanto nessa minha vida, gente. Juro que estou rindo agora. Sério, é tão triste que chega a ser engraçado. Não, eu não sou idiota. Vocês devem estar pensando: "Nossa, que frustrada louca você, burrinha." Mas não. Eu estou falando sério. Eu cansei disso já. E não sou frustrada. Esse ano eu fui muito frustrada, mas a cada dia, a cada lágrima que caia dos meus olhos, eu aprendia que a vida é assim. Tem gente que só se dá bem nessas coisas. Eu me dei mal. Mas tudo bem. A vida é injusta. Todos nós sabemos disso. E eu já estou com tanta prática em homens ridículos que podia até criar um outro Blog falando só disso. Porém, isso é perda de tempo. Vê se eu tenho cara de quem faz isso? Haha. Vocês não conseguem me ver, morram de tristeza! Gente, é uma brincadeira. Só para não perder o humor.
Enfim, chega! Chega de encher a cabeça de vocês com meus problemas. Obrigada, amores. Beijos eternos para vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário