sábado, 2 de abril de 2011


"O amor é como uma borboleta, você pode tentar pegá-lo e ele fugirá de você. Mas quando você menos esperar, ele vai pousar no seu ombro. Talvez a sua borboleta já tenha pousado no seu ombro, mas pode ter ido passear em outro jardim. Mas se ela realmente for sua, vai voltar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário