sábado, 5 de novembro de 2011


– Ah, Elena – Sussurrou ele em seus lábios. – Não podemos fazer...
– Já fizemos – Sussurou ela, puxando-o para si de novo.

Era quase como se ela pudesse ouvir os pensamentos dele, pudesse sentir seus sentimentos. Prazer e desejo disparavam por eles, ligando-os, atraindo os dois. E Elena sentiu também um manancial de emoções mais profundas dentro dele. Ele queria abraçá-la para sempre, protegê-la de todos os perigos. Ele queria defendê-la de qualquer mal que a ameaçasse. Ele queria unir sua vida à dela.

TVD - O Despertar, Pág. 117.

Nenhum comentário:

Postar um comentário