quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Pelancas


"Quando você for ver, passou. Agora não dá mesmo para ser feliz. É impossível. Mas quem disse que a gente deve ser feliz sempre? Isso é bobagem. Como cantou Vinícius: "É melhor viver do que ser feliz". Porque, para viver de verdade, a gente tem que quebrar a cara."

Eu não sei se eu tenho as melhores palavras do mundo pra te dizer agora, porque eu também não estou bem. Mas o que importa não sou eu, é você. Eu me lembro do dia que te conheci. Eu era um cotoquinho de gente, lembra? 31 de outubro de 2007. Festa de Halloween na casa das meninas. A gente brincou de Bratz, eu era toda louca, tu toda idiota. Aliás, todas nós éramos idiotinhas. Daí a gente brincou na piscina depois e aquele dia foi lindo. Lembro-me também do dia da famosa Festa da Piscina de Bolinhas. A gente riu tanto naquele dia. Lembro que eu morria de ciúmes de você e Bianca juntas. Eu te xingava, inclusive, hahaha. 
E nossa "infância" foi toda assim: besteiras, dias na casa das meninas aqui do Janga, sorrisos o tempo todo, brincadeiras, filmes... Sempre assim. Mas aí a gente teve que crescer. Todo mundo tem que fazer isso um dia, certo? Eu digo crescer não por fora, mas por dentro. Porque eu sei que não é fácil levantar da cama sabendo que as chances de o dia ser bom são mínimas. Sabendo que vai chorar, que vai doer muito lá dentro, mas que você tem que engolir aquela vontade de chorar e você tem que suportar a vontade de abrir seu coração e tirar aquela dor de dentro de você. Acredite, eu sei como é isso. Mas não é legal te ver assim, nem um pouco. Ver vocês tristes é pior do que eu mesma estar triste. Vocês têm que levar muito a sério quando eu digo que amo vocês, porque eu amo. Muito. E se vocês ficarem mal, eu ficarei também. Nenhuma dessas palavras vai adiantar nada, eu sei. Mas lembra quando a gente tava em BV semana passada? Lembra tudo o que eu disse? Lembra que eu te dei um abraço bem forte e você chorou, depois eu chorei, depois Biazinha, depois Bianca? Fecha os olhos e imagina que eu estou te abraçando agora. E depois pensa em tudo o que a gente viveu. Deus é a melhor pessoa do mundo, May. Ele deu o céu cheio de estrelas, o mar, amigas, família, amor, alegria, felicidade... tudo. E Ele vai te dar algo melhor. Um dia, quando a gente tiver cheia de pelancas e gordas balofas orcas, a gente vai olhar pra tudo isso e sorrir. Eu te prometo! Se um dia eu não tiver mais aqui, leve isso sempre com você, tá? Eu te aminho inho inho ão inho enho onho nhan jfjaudny! Nunca se esqueça <3 

E não ligue para a foto. Diga se não dá vontade de morder essa coisa gostosa?????? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário