sábado, 22 de maio de 2010

Como olas del mar...


Assim como as ondas do mar tem um momento mágico, logo rebentam e se vão.
As estrelas saem apenas à noite, mas em algum lugar do Universo permanecem acesas.
Assim como as nuvens mudam, vai mudando nosso amor. Mas em algum lugar de nossas almas vive uma chama na eternidade de um olhar e a simplicidade de uma lágrima.
Assim como o vento não se vê, mas se sente e existe, assim é nosso amor, presente em cada momento.
E na imensidão do universo, uma lágrima volta a rolar para se fundir no mar e alcançar a magia de amar.



Dulce María

Nenhum comentário:

Postar um comentário